O EXERCÍCIO DO PODER


Produzido por Jean Pierre e Luc Dardenne e dirigido por Pierre Schöller, O Exercício do Poder é uma obra dedicada aos diálogos onde câmera e elenco dançam conforme a força das palavras. Como a intenção maior é a irônica denuncia da (dis) funcionalidade política francesa a partir de um desastre automobilístico,o filme de Schöller - que ganhou a mostra "Um Certo Olhar" no Festival de Cannes de 2011, segue à risca da idéia de ciclo, de conto e alinha realidade apenas quando resolve debochar de seus personagens.

Bertrand Saint-Jean é a epítome do frágil sistema: ministro dos transportes com assessoria funcional – que transparece o jogo burocrático que envolve até mesmo uma tragédia -, com casamento falído, sem amigos e temoroso. Suas baixas nunca estarão em primeiro plano. Schöller sabe como ilustrar a barreira necessária para seu protagonista sobreviver.

O Exercício do Poder é um filme pequeno em execução, porém guarda forças extraordinárias em seu tema e desenvolvimento como narrativa e não exige de seu espectador percepções aguçadas para construir a idéia do caos no sistema político francês.

 
O Exercício do Poder (L'Exercice de L'État, França, 2011) de Pierre Schöller

Comentários

Postagens mais visitadas