TOY STORY 3

toystory 

Lembro-me da minha sessão de Toy Story. Era a pré-estreia do filme e eu estava maravilhado em estar fora de casa após às onze da noite. Bom, era 1995 e eu tinha onze anos de idade. Os anos passaram e boa parte do público que acompanhara Woody e seus amigos soube como é difícil crescer. Lee Unkrich tão bem sabe disso que a terceira e última parte de Toy Story é concebido por este conceito. As crianças e jovens que acompanharam o embrião da Pixar (hoje uma companhia da Disney e grande fonte de renda de Hollywood) chegar às telas se identificarão com um poço de referências em relação à um tempo em particular.

Unkrich vai da boneca Barbie  e  seu namorado (e hilário) Ken até o carismático Totoro de Hayao Miyazaki para abranger essa idéia. Com este entorno, o diretor constrói um filme prioritariamente de gags sobre um fiapo de trama que aos poucos se expande pela óbvia carga emocional que o desfecho de uma saga carrega. Ou seja, é uma situação chamada de vencer ou vencer. Ficar indiferente às idéias e conceitos de amizade e família seria um ato completamente em vão.

Relacionar seus personagens com o real multiplica os efeitos.  É resgatar uma magia primordial do cinema:  seja para rir ou para chorar, acreditamos que os brinquedos, de fato, tem vida. Mas, em geral, o que apetece a Toy Story 3 são as jogadas de sempre; temos uma aventura com o ritmo de sempre, a história é similar aos outros dois filmes, a construção de novos personagens também remetem ao filmes passados e as mesmas escadas para piadas são utilizadas. Mas, como disse anteriormente, ser indiferente é impossível. Mesmo com sua força concentrada nas gags, Toy Story 3 é um desfecho bonito e merecido para Woody e sua trupe.

Toy Story 3 (Idem, EUA, 2010) de Lee Unkrich

Comentários

  1. Olá, me chmo Marianne, estou tenho um blog sobre cinema http://365diasnocinema.blogspot.com/ , estou montando um site, já fiz o registro do dominio, como achei muito legal e bonito o seu site, gostaria de saber qual o site de hospedagem se encontra o seu site, foi vc que fez a arte do site?

    ResponderExcluir
  2. Jenson, ou o Cleber com outro nome4 de junho de 2013 08:02

    Pedro, eu simplesmente achei o MELHOR, fenomenal, muito divertido, os personagens estão mais interessantes, tudo melhor.

    ABRAÇO.

    ResponderExcluir
  3. Eu achei o melhor, acredite! superior ao primeiro até...e o segundo, de longe, é o mais fraquinho da trilogia...mas, Toy Story definiu minha infancia.

    abs

    ResponderExcluir
  4. Eu achei o melhor, acredite! superior ao primeiro até...

    ResponderExcluir
  5. Achei a trama mais consistente que a do primeiro e as gagas mais eficientes que a do segundo. Em suma, amo todos - mas este aí é o mais próximo de obra-prima.

    ResponderExcluir
  6. nha, você deu 3 estrelas?! que coisa triste, pedro.

    talvez até entenda a sua posição, mas acho que tudo funciona, tudo rende boas piadas, tanto os novos personagens quanto os antigos [tipo, eles ainda conseguem tirar proveito do buzz!, e com sentido] e tudo é muito bom de se ver.

    adorei! e você foi muito malvado com sua nota.

    []s!

    ResponderExcluir
  7. Toy Story 3 is such a crazy motion picture I absolutely adored it a lot!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas