Análise: Cinemas do Rio de Janeiro

Sempre falo sobre filmes, mas nunca sobre os lugares onde passo boa parte de meu tempo livre. Pensando nisso, resolvi fazer esse post que pode servir como utilidade pública e expor minhas opiniões sobre as salas de cinema do Rio de Janeiro. Analiso programação, estado de conservação das salas e outros detalhes.

downtown

CINEMARK DOWNTOWN (Barra da Tijuca) – Segue o padrão das salas Cinemark e sua programação predominantemente blockbuster. Tem imperfeições de projeção em algumas salas (principalmente na sala 5). Óculos para 3D pesado, apesar de ser o melhor que já usei. O som das salas é bom. Apesar da programação mais pop, o Cinemark Downtown abre espaço para o Cine Cult, o Dia do cinema Brasileiro, o Festival Internacional de Cinema Infantil e o Festival do Rio.

espaco01
ESPAÇO DE CINEMA (Botafogo) – A base do grupo Estação e do Festival do Rio. É lá que cinéfilos escolhem sua programação e formam filas intermináveis para comprar ingressos em um ambiente bem agradável. Fora da época do festival, a programação também tende a oferecer filmes que não se encontram em cinemas de shopping. Projeção e som ok. A bela estrutura de fora com bombonière e livraria, não reverbera nas salas. O carpete mofado traz um cheiro desagradável e atrai bichos (não é exagero meu...). O grupo Estação promove cursos de cinema, mantém locadoras e hospeda boa parte de nossas queridas cabines.

vivo gávea
VIVO GÁVEA (Gávea) – Não parece, mas é um cinema do grupo Estação. Dentro do shopping da Gávea e com programação que tende à agenda comercial, as salas também tem estrutura modernosa com lâmpadas coloridas nas salas, mas mantém algumas tradições do grupo Estação, como as espreguiçadeiras e o ar condicionado quebrado.

espaço de cinema
ESTAÇÃO BOTAFOGO (Botafogo) – O que falta na estrutura tem na programação. Filmes ditos alternativos e sempre em continuação, para aqueles que deixam pra ver os filmes quando estão prestes a sair de cartaz. Neste cinema de rua, cadeiras e desenho da sala mantém o visual de cinema antigo.

barra point
ESTAÇÃO BARRA POINT (Barra da Tijuca) – Também com o visual antigo, o Barra Point traz à região uma programação diferenciada ao bairro que tem zilhões de shoppings e cinemas onde predominam franquias cinematográficas e comédias românticas.

laura alvim
CASA DE CULTURA LAURA ALVIM (Ipanema) - Três pequenas salas sempre com muitos filmes em circuito, geralmente aqueles que se consagraram com poucos dias em cartaz ou que merecem uma segunda chance. Agradável para quem prefere sessões tranquilas e perfeito para quem também gosta de uma sessão dupla com cinema/teatro.  As salas também o problema de carpete mofado.

cgoes23
LEBLON – Sobrevivente da matança de cinemas de rua, é preso à programação blockbuster por motivos óbvios. Infelizmente, toda sua grandiosidade não se equivale na qualidade. Na sala 1, que é imensa e belíssima, o som e a projeção ficam devendo. A sala 2, que tem projeções em 3D, a tela é grudada no teto, o mapeamento das poltronas é horrível e nas poucas sessões que fui nesta sala, ela estava sempre suja.

uci
UCI New York (Barra da Tijuca)– O cinema de shopping. Boa projeção e som. O teto das salas tem mofo pra dar e vender. Se você preza por silêncio e educação durante seu filme, fique bem longe.

kinoplex fashion mall
KINOPLEX FASHION MALL (São Conrado) – Mais um cinema de shopping. Boa projeção e som. Às vezes troca uma comédia romântica qualquer para exibir um Lars Von Trier da vida.

Cinema São Luiz 2_tela
CINE SÃO LUIZ (Largo do Machado) – Digo o mesmo sobre o São Luiz. Só não gosto dos óculos 3D de lá. São sujos.

ccbb
CCBB (Centro) – Se você não conhece, deve ter passado alguns anos em Marte. Mostras de cinema, exposições, livraria e tudo referente à arte. O som das salas é absurdo. Boa projeção também. O público às vezes é bem mala (aqueles velhos reclamões, sabe?), mas ai não é culpa do local.

via parque
VIA PARQUE (Barra da Tijuca) – Desenho de sala pitoresco (já experimentou ver um filme de lado?), programação boa para um cinema de shopping e boas promoções.

arteplex
ARTEPLEX (Botafogo) – Programação ideal, com filmes comerciais e de arte. Ótima infra-estrutura, com bombonière, livraria e restaurante. Boa projeção e som. Salas limpas e cara de grande complexo de cinema.

aud-jane
INSTITUTO MOREIRA SALLES (Gávea) - Mostras, exposições e palestras num dos locais mais bonitos do Rio. Recomendo comer algo lá mesmo e curtir o visual antes ou após o filme. O único senão é a acesso ao local, que fica no topo da Marquês de São Vicente, uma ladeira gigantesca.

Comentários

  1. Ah, como eu queria morar no Rio... Ótima análise, conheço um ou outro desses aí, e fiquei com vontade de conhecer quase todos os que não conheço, mesmo os ruins, só o UCI que não, rs.

    ResponderExcluir
  2. UM ADENDO: Eu simplesmente me esqueci de falar do ESTAÇÃO IPANEMA, mas vocês podem considerar os comentários sobre o ESPAÇO DE CINEMA iguais para o de Ipanema.

    ResponderExcluir
  3. Eu costumo dizer que Botafogo é o meu oásis cinematográfico, porque eu moro em Piedade, então se eu quiser ver algo que não blockbusters, só os cinemas de Botafogo me salvam. O Unibanco Arteplex, na minha opinião, é de longe o melhor de todos. Os do Grupo Estação também são muito bons e o preço não é uma facada. Downtown e New York são o inferno na Terra. Gosto das salas do Kinoplex Tijuca, mas o espaço fora das salas é mínimo e há poucos caixas, então filas gigantescas são comuns. O Kinoplex do Norte Shopping passa majoritariamente blockbusters, filmes do Oscar ficam uma semana em cartaz, mas os lugares não são marcados, o que não minha opinião é uma falha grave. Queria conhecer o Vivo Gávea.

    ResponderExcluir
  4. hahahahaha morri de rir com esse post. Como você é exagerado, Pedro. xD Nunca vi bicho no carpete do Espaço de Cinema. Mas ótima análise. Considero o Arteplex o melhor do Rio, pela estrutura, pela programação, pelo preço. O Gávea tem um problema sério: é absurdamente caro.

    E fofo, como você esqueceu o Odeon??!! O único sobrevivente da Cinelândia e o mais bonito do Rio.

    []s!

    ResponderExcluir
  5. Muito bom a forma que escreveu o artigo. Obrigado e boa semana

    ResponderExcluir
  6. enho lido seu blog já faz uma semana! Como faço pra me inscrever pra receber atualizações?

    ResponderExcluir
  7. Adorei seu Blog, parabéns! Como faço pra receber atualizações em RSS?

    ResponderExcluir
  8. Para quem está procurando cinemas no Rio este é um post muito útil!

    ResponderExcluir
  9. Só pra contribuir com o post... realmente o que o autor comentou sobre o UCI é a mais pura verdade, muito barulho e falta de educação, salas sujas... além disso já assisti filmes com o formato 16:9 que tiveram as laterais cortadas (ficando 4:3), projeção tremendo, som baixo, etc.

    Ontem assisti ao Led Zeppelin, mas o som que deveria estar alto tamanho o fanatismo dos presentes estava aquém do esperado, muito baixo e todos começaram a reclamar, xingar o pessoal da projeção, que nada fizeram... pra completar na última música eles acendem as luzes estragando o "clima"... a falta de profissionalismo é corriqueira lá, dá pra pensar que o pessoal faz essas coisas de propósito, por raiva dessa vida mesmo.

    Pra mim exemplo de qualidade é o Unibanco Arteplex do Bourbon Country e o Cinemark do Bourbon Ipiranga em Porto Alegre, este último, mais moderno, era limpo, com tudo funcionando perfeitamente, som impecável, ótimo e cordial atendimento. Não lembro de ter passado por nenhum problema lá entre 2004 e 2010... Com certeza o Rio DEVE ter boas salas de cinema, afinal esta é uma das cidades mais importantes do país... porém dói ver gente como já vi elogiando o UCI. O pior disso tudo é que aqui no Rio eu pago quase o dobro pela metade da qualidade que eu tinha antes... uma pena.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas