DIÁRIO DE UM JORNALISTA BÊBADO


É possível se desligar da idéia que Diário de um Jornalista Bêbado é um filme baseado na obra homônima de Hunter S. Thompson, falecido em 2005. O filme dirigido por Bruce Robinson se restringe à superfície, muitas vezes priorizando a estética ao desenvolvimento narrativo oscilando entre a falta de timing e o complexo trabalho de podar o roteiro em relação ao livro.

As inserções humorísticas estão lá e funcionam em alguns momentos, mas tudo aqui é extremamente morno, insosso – salvo o momento que Robinson desenvolve um pequeno momento de extrema ironia sobre geopolítica com os Estados Unidos como cerne, é claro.

Johnny Depp luta contra a caricatura que se tornou há alguns anos. Ilustrar efeitos alucinógenos com o ator é pura redundância. Não que este seja o único clichê de Diário de um Jornalista Bêbado, mas Robinson deixa claro que luta contra os clichês que a história de Thompson o levaria a produzir – por outro lado esquece a riqueza da história, criando pilares no último ato, quando seu protagoniza expurga sua revolta contra o sistema em diversos aspectos.



Diário de um Jornalista Bêbado (The Rum Diary, EUA, 2011) de Bruce Robinson

Comentários

Postagens mais visitadas