OS VINGADORES - THE AVENGERS

Entre a iminência do fim do mundo e as sequências de ação espetaculosas está a eficácia e audácia de Joss Whedon para construir Os Vingadores – The Avengers no formato que o projeto tem por natureza, ou seja, o encontro de pilares do universo das HQ’s pela ótica de um blockbuster e o momento de glória para a Marvel após dez anos de filmes lucrativos.

Os Vingadores é um filme frenético em todas as vias: o ritmo tem estrutura feita para a geração que consome entretenimento através de outros dispositivos como computadores e celulares. Perfeito para o casamento de espaço, ritmo e ambição. A narrativa, sustentada entre a média de humor ácido e ação, sem tempo para desconstruções de persona ou reapresentações, segue o conceito (em todos os aspectos) do gibi. Para o espectador, o êxtase está em cada encontro dos heróis; por boa parte do filme eles encaram o projeto Vingadores como chama para conflitos internos.

Com equilíbrio, o longa de Whedon dá atenção para todos os seus mocinhos com pitadas de antagonismo e de poucas transformações em comparação aos filmes solo – sinal da funcionalidade de Os Vingadores, que vai da fúria para a ironia em poucos segundos, que entroniza e debocha da mutação – tradução literal do trabalho de Stan Lee, que nos diverte até hoje. E nos cinemas não é diferente. Ah, tem surpresa após os créditos finais!

 ★★★★
Os Vingadores - The Avengers (The Avengers, EUA, 2012) de Joss Whedon

Comentários

  1. Surpresa nos créditos finais essa que perdi por conta da pressa das minhas companhias do dia estarem com pressa para irem embora. ¬¬'

    E olha, não acho o filme frenético assim. Para falar a verdade, o que mais o condena para mim é o ritmo ditado por Joss Whedon, uma vez que ele demora um tempo precioso para apresentar o cenário quando isto já havia sido feito nas aventuras solo dos heróis. Mas vá lá, consegui me divertir um bocado, não é (tão) medíocre como as já citadas aventuras solo dos personagens.

    ResponderExcluir
  2. Olá...o filme foi além do que eu imaginava, achei muito bom.Sem falar que eu achava o hulk muito sem graça nos outros filmes. Mais ele voltou com a corda toda...espero que façam sequencias.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas