MOTHER - A BUSCA PELA VERDADE


Bong Joon-Ho é um diretor que tem como uma de suas características achar a poesia onde ela praticamente não existe. Em Mother - A Busca Pela Verdade, ele faz o caminho inverso. Nesta história de uma mãe em busca da redenção do filho que tem problemas mentais, Joon-Ho monta seu filme de forma linear, sem muitos momentos de contemplação e coloca a necessidade acima de qualquer problema, pois quando a agonia dessa mãe pelo convívio inerente com seu filho explode, Joon-Ho cria diversos finais para o filme a cada meia hora.

Yoon Do-Joon é daqueles meninos conhecidos por toda vizinhança e que por alimentar uma inocência não costumeira por garotos de sua idade, é usado como um pano quente para os delitos cometidos por um amigo de Do-Joon. A mãe, sempre de olho no filho, serve como catalisador de apuros, mas não é sempre que ela pode estar presente. Quando o garoto é acusado de assassinato, essa mãe, vivida por Hye-Ja Kim, é a adaptação necessária para cada nicho em que se envolve em busca de provas para inocentar o seu filho.

Talvez por guiar essa narrativa de forma mais comum, o longa de Bong Joon-Ho perde suas forças, pois acaba virando mais um filme sobre um instinto protetor. É um filme bem amarrado e realizado, afinal, não estamos falando de um diretor qualquer, pois quando se trata de Joon-Ho, a expectativa é grande. Mas em momentos oportunos, mesmo com a falsa sensação de resolução, a índole da mãe é questionada. Se ela é capaz de qualquer coisa, a questão do certo ou do errado é jogada para o espectador. Se esta mãe é vilã ou heroína depende do critério adotado pelo público, se a empatia criada com esta mãe é mesmo é um fator de peso para o espectador formar sua opinião.

Mother - A Busca Pela Verdade (Madeo, Coréia do Sul, 2009) de Bong Joon-Ho

Comentários

  1. "O Hospedeiro" foi um dos meus filmes preferidos em seu ano de lançamento, por isso mesmo estou com ótima expectativa para esse "Mother".

    ResponderExcluir
  2. Um amigo meu que viu falou maravilhas. Espero ver para opinar.

    Abs!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas